À imprensa de Portugal, membro do MPD defende autonomia dos MPs À imprensa de Portugal, membro do MPD defende autonomia dos MPs


À imprensa de Portugal, Roberto Livianu defende autonomia do Ministério Público


06/06/2016


As tentativas de membros da classe política em enfraquecer a atuação do Ministério Público não é uma preocupação exclusiva dos membros da instituição brasileira, sendo igualmente tema abordado pela imprensa europeia. Em entrevista concedida para veículos de comunicação de Portugal, o associado do MPD, Roberto Livianu, defendeu a independência dos Ministérios Públicos na investigação de crimes, bem como a melhor preparação de seus integrantes e discorreu sobre casos emblemáticos no Brasil e na Europa. O promotor de Justiça esteve no país para participar do painel sobre as relações entre o Ministério Público e a imprensa brasileira, realizado durante o IIFórum Global da International Association of Prosecutors (IAP), na semana passada. Nas entrevistas, Roberto Livianu também foi questionado sobre o desempenho do MP brasileiro na investigação dos escândalos de corrupção, como a Lava Jato, e a legalidade do processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff. Leia as entrevistas no Observador (clique aqui), no Semanário Sol (clique aqui), na RTP Notícias (clique aqui) e no Renascença (clique aqui).

Categorias