Publicação Folha de S. Paulo Publicação Folha de S. Paulo



Livianu: Hage sai com cabeça erguida

POR FREDERICO VASCONCELOS

09/12/14 10:09

Do promotor de Justiça Roberto Livianu, do Ministério Público do Estado de São Paulo (*), sobre o pedido de demissão do ministro Jorge Hage, que deixa o comando da Controladoria-Geral da União:

O controle da corrupção no Brasil perdeu um de seus grandes homens com a saída de Jorge Hage, da Controladoria-Geral da União (CGU).

Ao longo de sua jornada à frente do órgão, Hage sempre foi corajoso e incansável no trabalho. Homem de visão, comandou diversas frentes de trabalho na CGU, fundamentais para a mudança de cultura da corrupção no Brasil.

As iniciativas, ações e projetos sob seu comando na CGU foram importantes para o fortalecimento da prevenção da corrupção no Brasil em um sem-número de municípios brasileiros como a própria construção da Lei 12846, que pune a corrupção empresarial, da qual foi um dos artífices, saindo do Governo antes de vê-la regulamentada.

A corrupção sempre existiu e sempre existirá, obviamente, mas Hage sai com a cabeça erguida pois fez sua parte com profissionalismo, integridade e honradez.

(*) Doutor em Direito pela Universidade de São Paulo, Roberto Livianu preside o Movimento do Ministério Público Democrático (MPD) e atua na Procuradoria de Justiça de Direitos Difusos e Coletivos, especialmente na área da defesa do patrimônio público.

Categorias