Gente do MPD que fala, edição de 07/04/2016 Gente do MPD que fala, edição de 07/04/2016


07/04/2016 A repercussão da gripe H1N1 é o primeiro tema discutido por nossos convidados no Gente do MPD que Fala desta quinta, 07. O medo da doença tem formado filas gigantes em clínicas particulares que aplicam a vacina contra a gripe. O Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que a Universidade de São Paulo (USP) deverá suspender o fornecimento da “pílula do Câncer. A ausência de registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a falta de estudos publicados sobre os benefícios de sua utilização na cura do câncer deram embasamento para que o presidente do STF, Ricardo Lewandowski, tomasse a decisão de suspender a pílula. A conduta de uma médica que se recusou a atender uma criança argumentando de que a mãe era filiada ao Partido dos Trabalhadores (PT) também foi discutido pelos nossos convidados. A presidente do MPD Laila Shukair, o juiz do Trabalho Vlademir de Freitas e as advogadas Roberta Rossa e Vanessa Vidutto participaram da edição desta quinta, 07. O pagamento de pensão alimentícia e as alterações na nova legislação processual civil tomou conta do segundo bloco do programa. A possibilidade de protesto da decisão judicial não cumprida, com essa medida, os devedores de pensão alimentícia terão seus nomes protestados quando não for feito o pagamento e só poderão limpar seu nome após provar a quitação integral do débito. O recebimento de pensão alimentar é importante para garantir a sobrevivência do vínculo existente entre membros de uma família e também em situações que há um dever legal e até mesmo moral. As novas regras têm o objetivo de inibir o débito de pensão alimentícia com imposições mais rígidas. Sempre ao vivo, o programa é apresentado, todas as quintas, pelo jornalista Zancopé Simões e transmitido, das 12h às 13h, pelas rádios Trianon (São Paulo - AM 740) e Universal (Santos/SP AM 810) e pela All TV. O ouvinte pode enviar suas perguntas e comentários pelo telefone (11) 5052-6622 ou via WhatsApp (11) 97401-2235. Assista abaixo a integra desta edição.

Categorias