(08/05/17) Procuradora Maria Vaquero recebe Medalha Anchieta (08/05/17) Procuradora Maria Vaquero recebe Medalha Anchieta



A procuradora Maria Fátima Vaquero Ramalho Leyser recebeu nesta segunda-feira (8/5) a Medalha Anchieta e o Diploma de Gratidão da Cidade de São Paulo. As homenagens foram propostas pelo vereador Abou Anni (PV) em reconhecimento às contribuições da paulistana à democracia.

Formada em direito em 1982, Maria ingressou no Ministério Público do Estado de São Paulo em 1985 e foi promovida ao cargo de procuradora em 2004. A homenageada é associada ao MPD (Movimento do Ministério Público Democrático), doutora em aspectos processuais da ação civil pública e autora dos livros Produção Antecipada de Prova, Direito à Liberdade de Imprensa e Ações Coletivas e Direitos Difusos.

“É uma satisfação receber esse reconhecimento pelo trabalho que procuramos fazer da melhor forma possível na defesa da ordem jurídica e dos interesses sociais e individuais indisponíveis”, disse a procuradora durante a homenagem.

Para o diretor da CEAF/ESMP (Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional/ Escola Superior do Ministério Público de São Paulo), Antonio Carlos da Ponte, Maria merece esse reconhecimento. “A procuradora é, sem dúvida, autoridade em direito processual civil e áreas de interesses difusos e coletivos. Ela alia a doutrina à necessidade de modificação da realidade”, afirmou.

O promotor de justiça e integrante da diretoria da Associação Paulista do Ministério Público, Roberto Livianu, também se referiu à importância da procuradora. “A Câmara produz leis importantes para o cidadão. No entanto, hoje é o dia de reconhecer e valorizar aqueles que trabalham em prol da cidadania. Maria sempre se dedicou à defesa da sociedade, é combativa, e essa homenagem é uma maneira de enaltecer a trajetória de pessoas que interagem com a comunidade para que todos tenham consciência de seus direitos”, disse.

O vereador Abou Anni agradeceu Maria pelos trabalhos realizados pela capital paulista e pelo Brasil. “O currículo da procuradora é rico, ela é autora de livros, deu aulas em universidades. É uma satisfação poder fazer essa homenagem para uma pessoa que tanto colabora com a sociedade”, finalizou o parlamentar.

Clique aqui para ler o original

Categorias