(23/11/2016) Tribuna do Direito - Imprensa e combate à corrupção é tema de encontro gratuito do MPD, 28/11, 10h, na FGV Direito, em São Paulo (23/11/2016) Tribuna do Direito - Imprensa e combate à corrupção é tema de encontro gratuito do MPD, 28/11, 10h, na FGV Direito, em São Paulo



23/11/2016

Tribuna do Direito

Imprensa e combate à corrupção é tema de encontro gratuito do MPD, 28/11, 10h, na FGV Direito, em São Paulo

22/11/2016

As responsabilidades dos veículos de comunicação no combate e controle de práticas ilícitas serão discutidas no evento gratuito MP e Mídia: papéis em relação à corrupção. O Movimento do Ministério Público Democrático (MPD – www.mpd.org.br) promove o debate no dia 28 de novembro, segunda-feira, das 10h às 12h, no auditório da FGV Direito SP (rua Rocha, 233 – 2º subsolo, Bela Vista, São Paulo-SP). O tema será exposto por Roberto Livianu, diretor de Comunicação do MPD e presidente do Instituto Não Aceito Corrupção (INAC), Oscar Vilhena, professor de direito constitucional da FGV Direito SP, e William Correa, diretor de Jornalismo da TV Cultura. A mesa será moderada pela jornalista Laura Diniz, editora do Portal Jota.

Os interessados podem se inscrever antecipadamente até o dia 24 de novembro, quinta-feira, neste link ou pelos emails mpd@mpd.org.br e mpdemocr@mpd.org.br. Mais informações pelos telefones (11) 3241-4313 ou (11) 3106-9680. O evento é uma realização do Movimento do Ministério Público Democrático em parceria com a FGV Direito SP com apoio do Portal Jota.

O Movimento do Ministério Público Democrático (http://mpd.org.br) é uma entidade nacional sem fins lucrativos e apartidária, composta por promotores e procuradores de Justiça. Há 25 anos, a associação busca desenvolver projetos voltados à educação popular do Direito, organizar eventos e congressos direcionados aos profissionais da área. Também visa promover o engajamento em movimentos da sociedade civil com o fim de fortalecer as instituições democráticas brasileiras. O combate à corrupção é uma das principais bandeiras do MPD, que participou de conquistas sociais como a Lei 9840/99, que define os crimes de corrupção eleitoral, a Lei da Ficha Limpa, a Lei de Acesso à Informação Pública e a derrubada da PEC-37/11, que visava retirar o poder investigatório do MP.

Roberto Livianu é promotor de Justiça da Procuradoria de Direitos Difusos e Coletivos do MP-SP. Diretor de Relações Estratégias, Comunicação e Relações Institucionais do Movimento do Ministério Público Democrático e presidente do Instituto Não Aceito Corrupção. Doutor em Direito pela Faculdade de Direito da USP. Autor de livros de Direito como "Corrupção: Incluindo a Nova Lei Anticorrupção" (Quartier Latin, 2014).

Laura Diniz tem 11 anos de carreira, com passagens por algumas das maiores redações do país. Foi editora-assistente de Brasil na Revista VEJA, editora-assistente no Conjur, repórter no jornal O Estado de S. Paulo e gerente da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji). É sócia-fundadora do Portal Jota.

Oscar Vilhena é pós-doutor pelo Centre for Brazilian Studies - St. Antonies College, Universidade de Oxford. Diretor da DIREITO SP, onde leciona nas áreas de Direito Constitucional, Direitos Humanos e Direito e Desenvolvimento. Fundador diretor do Conectas Direitos Humanos. Foi Procurador do Estado em São Paulo e diretor do Instituto Latino-Americano das Nações Unidas para Prevenção do Crime (ILANUD).

Willian Côrrea é diretor de jornalismo da TV Cultura e âncora do Jornal da Cultura. Começou sua trajetória aos 15 anos como locutor de rádio. Aos 18, estreou na televisão, na bancada do programa MGTV, da Globo de Minas Gerais. Depois, passou pelas redações da TV Alterosa (SBT), Rede Minas, Globo, Record e Bandeirantes. Sua última experiência, antes de assumir o jornalismo da TV Cultura, foi como diretor geral da TV Zimbo, em Angola.

SP

rua Rocha, 233 – 2º subsolo, Bela Vista, São Paulo-SP

Dia 28 de novembro

das 10h às 12h

Clique aqui e leia o original no Tribuna do Direito

Categorias